Eleições 2020: Escolha bem seu(a) vereador(a)


Arte: Gabriella Borges

Coluna por Eduarda Nunes


Chegamos em mais um ano eleitoral em que talvez seja mais importante focar nas candidaturas proporcionais do que as majoritárias. Em se tratando de Recife, assistimos a uma corrida pelo segundo turno e/ou uma possível renovação do PSB na cadeira e num outro cenário temos uma gama de candidatos a vereadores que devem integrar a Câmara Municipal do Recife no próximo ano, driblando o Coronavírus, é claro. São quase 900 candidatos para 39 vagas e muitas possibilidades de montar essa casa que fiscaliza e auxilia a Prefeitura a fazer uma gestão certeira. Que, principalmente, conduza melhor a vida de gente que precisa de ações do poder público para ter o mínimo de bem viver e possibilidades de futuros.


A gente se depara com inúmeras pessoas que se vendem como novidade, mas que não fazem muita coisa além de vestir a velha política punitivista, de exclusão social e assistencialismo vazio com uma roupa diferente. E às vezes nem isso. Sem falar naqueles candidatos que ostentam sua Ficha Limpa, ou seja, se orgulham de ter o mínimo de decência em não desviar dinheiro público para seus bolsos. Veja só onde chegamos.


Além disso, há décadas, existe nos partidos uma divisão interna questionável que define quais candidaturas devem ter mais investimentos e, por tabela, serem mais vistas pelos eleitores em geral. É nessa parte que o dinheiro indica quem tem mais chances de decidir pela cidade, estado e país e é nisso que precisamos agir. O modo como a política é interpretada é diretamente associada à corrupção, abandono e desleixo com a população, diz muito sobre quem ainda a faz em sua grande parte: homens brancos de meia idade. Mas, o que não falta é opção para mudar esse quadro. Como citado acima, são quase 900 candidaturas, senão isso, o que falta?


Período de campanha eleitoral é período também de esperança, prospecções futuras e planejamentos para a cidade e para as pessoas. Se não dá pra gente se animar tanto com as candidaturas à/o prefeito/a, que nos aventuremos pela vereança. Fazendo pequenas campanhas pra quem você acredita que pode representar bem o que você espera de uma Câmara Municipal: avanços pro trabalhador, regulação das ações dos grandes empresários e fiscalização da Prefeitura. Fique atento aos grupos de renovação política de sua cidade e seja ativo nas transformações do espaço onde você vive!


A Retruco é uma agência de jornalismo independente de Pernambuco idealizada por jovens jornalistas, cineastas e designers que buscam novas maneiras de contar histórias através da combinação de formatos audiovisuais e textuais com um olhar crítico, sensível e criativo.

  • facebook
  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Twitter Ícone